Denúncias de irregularidades no transporte escolar é fiscalizada pelo presidente da Câmara

por Claudinei Sorce publicado 01/06/2022 19h48, última modificação 01/06/2022 19h48

 

O presidente da Câmara Municipal de Cacoal, vereador João Paulo Pichek (Republicanos), foi até a linha 21, ontem a tarde dia (31), na zona rural de Cacoal, para acompanhar de perto, as denúncias de irregularidades no transporte dos estudantes da escola Cruzeiro do Norte.


Os pais reclamam do horário que os filhos estão retomando da escola, muito tarde, as aulas terminam às 17h30, mas alguns alunos só chegam em casa por volta das 19 horas.

Ao todo são quatro (4) ônibus para atender aquela comunidade escolar, falta um ônibus, apenas três estão atuando no transporte.


Nas denúncias também foi falado da falta de um monitor, bem como o excesso de velocidade dos ônibus.

Os pais disseram ainda, que os motoristas conduzem em alta velocidade, para compensar a falta de um dos ônibus, e conseguir dar conta da demanda, que está reprimida.


Assim que ouviu a supervisão da escola Cruzeiro do Norte, pais de alunos e motoristas, Pichek, embarcou num desses ônibus, por volta das 17h30, e foi até o ponto final para conferir as denúncias apresentadas, o percurso terminou por volta das 18h50.


Há descontentamento por parte dos motoristas, pelo baixo salário, e excesso de trabalho, e chegaram a manifestar uma paralisação nesta quarta-feira (1), de fato um dos motoristas deixou de fazer a linha Mato Grosso, mas os demais continuaram o trabalho, buscando inclusive os alunos que tinha ficado para trás a espera do ônibus na linha Mato Grosso.