Dr. Paulo Henrique afirma: “Prefeito apresenta PL Jabuti na Câmara de Cacoal”

por Claudinei Sorce publicado 20/06/2022 17h45, última modificação 20/06/2022 17h58

O Prefeito Adailton Fúria (PSD) enviou, em regime de urgência, na véspera de feriado de corpus christi, Projeto de Lei 113/2022 para abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 600.000,00 para gastos com publicidade e agricultura.

 

Projeto Jabuti

 

De acordo com o vereador Dr. Paulo Henrique (PTB), Fúria em plena pré-campanha eleitoral para eleger o vice-prefeito e sua primeira dama (estadual e federal) tenta de todas as formas ampliar recursos da publicidade para ficar bem com a imprensa local, usando a estrutura municipal para locupletar politicamente. “Não tenho dúvida, trata-se de mais um jabuti da administração “Cacoal Tem Pressa”. No caso o apoio à agricultura associada a provação de recursos para imprensa. Caso a Câmara vote contrário ao PL o prefeito falaria aos produtores rurais que a Casa de Leis não é a favor do homem do campo” disse.

 

A melhor saída para que a Câmara de Cacoal fuja deste “jabuti” é solicitar a retirada deste PL e solicitar o Projeto Substituto com as devidas alterações, ou seja, PL para Agricultura separado do PL para imprensa do município. “Desta forma ficará mais fácil a cada vereador votar de acordo com a sua convicção” frisou Dr. Paulo.     

 

O PL 113/22 será apreciado na reunião das Comissões na próxima quinta, 23/06, onde será apreciado outros projetos para votação da última sessão do primeiro semestre de 2022 que ocorrerá no Distrito de Divinópolis, dia 27/06, como Sessão Itinerante dentro da programação do Cafecau.

 

O termo “jabuti”, ou “contrabando legislativo”, é usado para batizar artigos incluídos no projeto de lei com temas estranhos ao seu conteúdo. A prática é considerada inconstitucional, pelo Supremo Tribunal Federal.

 

 

Assessoria de Imprensa do vereador