Dr. Paulo Henrique Protocola na PF denúncia do “escândalo do combustível”

por Claudinei Sorce publicado 19/05/2022 12h07, última modificação 19/05/2022 12h07

Após ter seu pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) “rejeitada”, na Câmara.

O vereador Dr. Paulo Henrique (PTB), procurou a sede da Polícia Federal (PF), em Ji-Paraná, onde protocolou uma denúncia relatando o “escândalo do combustível”.

 

O parlamentar suspeita que pode existir desvio de combustível em diversas secretarias na prefeitura de Cacoal.

 

Dr. Paulo, ainda procurou o Ministério Público Federal (MPF), onde protocolou denúncia, uma vez que os recursos da Educação e da Saúde são federais.

 

O vereador destacou: “Só teve o apoio do colega Valdomiro Corá (MDB), e para instaurar a CPI, seriam necessárias ao menos quatro assinaturas.

 

Sendo assim resolvi levar o caso às autoridades federais porque não consegui o apoio suficiente (assinaturas) na Câmara, para a criação da CPI, isso não significa necessariamente condenar ninguém, pois ela serve para investigar e mostrar a verdade, provando a honestidade das pessoas que não estão envolvidas”, frisou Paulo Henrique.