Durante pronunciamento Presidente da Câmara, questiona gastos com iluminação e decoração natalina de Cacoal

por Claudinei Sorce publicado 22/11/2022 13h41, última modificação 22/11/2022 13h41

Em seu discurso na 36ª Sessão Ordinária, realizada ontem (21), no Teatro Municipal, o presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), ressaltou a importância de investimentos para fomentar o comércio e manter o espírito natalino.


Ao mesmo tempo, questionou os gastos exorbitantes com a ornamentação decorativa, ainda mais tratando-se de uma locação.


Pichek alertou os vereadores quanto ao valor gasto na ornamentação de fim de ano.

“Na iluminação natalina em Cacoal, Divinópolis, e Riozinho, foram gastos oitocentos e três mil reais (R$ 803,000.00), e não foi com a aquisição, e sim a contratação de uma empresa para LOCAÇÃO.


Chamou minha atenção um Papai Noel inflável de seis metros de altura no valor de vinte e quatro mil e duzentos e noventa e um reais R$ 24,291,00.


Fiquei abismado e fui pesquisar, e confesso que não encontrei Papai Noel inflável de seis metros, mas sim de quatro metros, no valor de quatro a cinco mil reais, isso comprado e não locado.

Peço aos vereadores para acompanharmos essa situação, questionou Pichek”.


O presidente ainda destacou, “Quero deixar bem claro que não sou contra a iluminação, e os enfeites, jamais, embora me chamou a atenção os valores gastos” pontuou Pichek.