Mesa Diretora da Câmara de Cacoal oficializa pedido do vereador Corazinho à Bancada Federal sobre maquinários apreendidos pela PF

por Claudinei Sorce publicado 21/09/2021 12h55, última modificação 21/09/2021 12h55

Atendendo pedido do vereador Valdomiro Corá (Corazinho MDB), a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cacoal oficializou nesta segunda-feira (20) à Bancada Federal de Rondônia, solicitação sobre o quantitativo de maquinários apreendidos em operações de combate ao desmatamento ilegal e outros crimes, realizadas pela Polícia Federal e órgãos ambientais.

 

No mesmo ofício, o vereador, através da Mesa Diretora, pede informações também sobre a destinação dada aos bens, considerando ainda que, seria de grande utilidade que as máquinas apreendidas fossem doadas aos órgãos públicos considerando que, no atual contexto de crise econômica a dificuldade orçamentária para aquisição de equipamentos na maioria dos municípios.

 

Lei para doação


Por várias vezes na Tribuna da Câmara, o vereador Corazinho tem reivindicado à exaustão a Bancada Federal que representa o estado, que crie uma Lei autorizando a doação das máquinas e equipamentos apreendidos pela Polícia Federal (PF) e órgãos ambientais, ao invés de queimá-los, como ocorre durante as operações amplamente divulgadas pela imprensa em nível estadual e nacional.

 

“Várias PC´s que custam mais de R$ 1 milhão hoje e outros equipamentos já foram queimadas nestas ações. Se não fossem, poderiam estar ajudando os agricultores através das Secretarias”, reforça, criticando a postura dos parlamentares da esfera federal em não tomarem uma atitude até o momento em relação ao assunto.

Seguindo o raciocínio neste sentido, o vereador destaca que inclusive a Lei ajudaria a amenizar a atual situação de “miséria no país”.

 

Nesta terça-feira, o gabinete do vereador Corazinho, recebeu comunicado do deputado federal Mauro Nazif (PSB/RO) informando que as solicitações já foram oficializadas ao diretor geral da PF Paulo Maiurino.

 

“Esperamos sinceramente que todos os parlamentares em Brasília apoiem esta iniciativa. A população só tem a ganhar”, resume Corazinho.

 

 Assessoria do vereador