Pichek concede reposição salarial de 15% aos servidores da Câmara, o anúncio foi feito em assembleia com Sinsemuc

por Claudinei Sorce publicado 10/05/2022 12h32, última modificação 10/05/2022 12h32

Em assembleia na Câmara Municipal de Cacoal, nesta terça-feira (10), o presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), atendeu reivindicação do sindicato dos servidores públicos do poder legislativo, e autorizou a recomposição salarial e reajuste no auxílio alimentação e auxílio saúde.

A atitude do presidente da casa de leis foi exaltada pelo presidente do Sinsemuc.


Fernando Neves, falou em nome de todos os servidores e elogiou Pichek, pela pronta resposta em atender os anseios da categoria.

“O presidente sempre esteve aberto ao diálogo, e nas reuniões para debater essa, e outras solicitações, relacionadas aos servidores, sempre reconheceu e valorizou os servidores, então fica aqui minha admiração e reconhecimento pela gestão frente ao poder legislativo”, salientou Fernando.

João Paulo Pichek, frisou: “Nós conhecemos, e sabemos da importância, em valorizar os servidores, será uma recomposição salarial no percentual de 15% (10,06 % referente ao acúmulo inflacionários de 2021 + 4,94% de reajuste para 2022); 


Reajuste no auxílio alimentação acrescendo o valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais); 

Reajuste do auxílio saúde, acrescendo o valor de R$ 200,00 (duzentos reais), sendo que tais solicitações serão objetos de Projeto de Lei nos próximos dias, considerando a tramitação legal necessária para a efetivação;

O maior patrimônio que temos aqui na Câmara, são nossos servidores”, destacou Pichek.